do vinil#17 – sambalanço trio ’64

dovinil17-sambalanco64foi em são paulo nos anos 60 que formou-se o sambalanço trio. conjunto fundamental para o jazz na música brasileira, tinha césar camargo mariano, humberto cláiber e airto moreira. esse ai perto da gaiola desativada é um dos dois primeiros discos, lançados em 1964, no caso, pela gravadora Som Maior. a gravação da música ‘reza’ é mais linda que a do próprio edu lobo, se bem que é bem ali pertinho uma da outra. acho que vale a pena ouvir esse disco de vinil que o centro de pesquisa dubem coloca pra você. [por delima]

dovinil#16 – moacir santos ’73

dovinil-moacirsantos73depois que morreu, em 2006, a pagação de pau aumentou brutalmente, e o trabalho do maestro moacir santos ficou mais em evidência. ainda bem! para os meros mortais brasileiros, depois de 1967 as notícias sobre o maestro vinham dos EUA, onde morou até sua despedida física do planeta, aos 80 anos. ele ficou meio largado lá na améria, como vários outros malucos dessa geração. esse disco é pra degustar gostoso, com uma boa brenfa eufórica ou também com um vinho dos mais saborosos. o som de moacir santos, ao vinil, é daqueles que fazem chorar. e vamos nós distribuir isso dai antes que as gravadoras corram atrás de mim. o álbum, belíssimo, está aqui. [por delima]

dovinil#15 – antonio carlos & jocafi ’71

antonio carlos & jocafi, de 1971, é o álbum mudei de idéia, porque naquele tempo não tinha rolado esse acordo ortográfico. é um disco diferente, que todo mundo deveria conhecer. enquanto se falava em mutantes e tropicália e tudo mais, essa dupla corria por fora e fazia sua própria onda, tocava seu barco sem se importar com a mídia. e talvez por isso tenham emplacado tantos sucessos na televisão. mudei de idéia é prova disso, o primeiro LP dos caras da bahia. não dá pra rotular o disco, é apenas música de primeira pra baixar de melhor qualidade. mais um disco vindo do mestre Groovelivre. [por delima]

dovinil#14 – gal ’69

dovinil-gal69-baixagal costa, 1969, é o disco que já foi top 1 na lista de procurados por mim para o acervo do cepedube. belo dia, na  benedito calixto, ele aparece na minha frente. pendurado na barraca do Sérgio Discos. Porra! já pesquei na hora e registrei pra sempre a psicodelia absurda de gal costa, macalina, caetano, gil, capinam, duprat, barenbein e cia. o lp já pintou por aqui no passado, na bolachada#06. tá na mão pra servir sua coleção #dovinil. enfim, o vinil é uma boa ideia. peguem logo antes que acabe. [por delima]

dovinil#13 – orlann divo ’62

orlanndivo-chaveorlann divo, de 1962, relançado em 2002. disco aguardado demais nos anos 60, já que o cantor, compositor e percussionista de Santa Catarina, era crooner da banda de Ed Lincoln, uma das mais disputadas do Rio 60. a chave do sucesso mostra seu poder como letrista, e também percussionista. ele usa bastante um molho de chaves para fazer o ritmo. minha avó cantava músicas do orlann divo quando me dava banho de bacia, início dos anos 80. mais uma contribuição do www.groovelivre.tumblr.com para o cepedube. pode baixar aqui de boa antes que alguém encha o saco. [por delima]

dovinil#12 – tim ’76

falar de tim maia é chover no molhado. impossível dizer que o cara não era um gênio, um desses que pintaram na terra pra fazer o ser humano evoluir, sabe? praticamente (ou alguém poderia cravar que era totalmente?) fora da cultura racional, gravou em 1976 aquele que pode ser superado apenas pelo discos ‘racionais’. se for pra dançar, é sensacional, tem clássicos dos clássicos do tim maia. dance enquanto é tempo, porque o vinil tá rolando e o som tem chiado. pode beber do vinil#12. [por delima]

bolachada#19 – caetanêra

clique para baixar [17.4 mb]
ouça abaixo!

é aniversário do nosso velhoso

- CAETANO ’71
(in the hot sun of a christmas day)

- CAETANO ’75
(minha mulher)

- CAETANO ’87
(o ciúme)

- CAETANO ’82
(empty boat)

- CAETANO ’74
(felicidade)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.